Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Publicidade


Noticias de Crohn - Copy.png

Resumo na língua original:

(...)

 

There is no known cure for this disease. Various therapies help reduce the symptoms and allow people to function better. Crohn’s disease impacts a great number of young people – usually those in their twenties. Life expectancy with Crohn’s disease should not be a concern. This disease doesn’t directly affect life expectancy.

 

There have been a lot of advances in the diagnosis and treatment of Crohn’s. What people do have to consider though is Crohn’s disease life expectancy without treatment. In the 1950s, a severe attack of Crohn’s disease meant a 30 to 60 percent risk of death, but that risk is now three percent when a patient follows a proper treatment plan. These treatments include everything from prescription medications to natural treatments, diet, exercise, as well as stress control techniques.

 

(...)

 

 

Ler artigo original

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:00

Noticias de Crohn - Copy.png

Este artigo é bastante interessante porque, pela primeia vez, vejo abordado o tema da alimentação para crianças com várias doenças, incluindo a doença de Crohn.

 

Resumo na língua original:

(...)

 

A relevância do trabalho dos nutricionistas é uma questão que percorre o programa de todo o Congresso da Ordem dos Nutricionistas, que decorre entre esta terça-feira e amanhã, em Lisboa, e que se orgulha de ser “o primeiro no mundo sem patrocínios”. O que Alexandra Bento lamenta é que haja um número insuficiente de profissionais onde defende que deveriam estar: nas escolas, nos lares de idosos, nos centros de saúde. Quem é que se responsabiliza pelo equilíbrio nutricional dos meninos que escolhem a dieta vegetariana? Ou pela adequação da alimentação para uma criança que tem a doença celíaca ou a doença de Crohn ou que é diabética?”

 

(...)

 

Mas, ainda mais importante do que isso, é a educação alimentar dos mais jovens, que, na opinião da bastonária, também não está a ser feita de forma adequada. “O que se ensina sobre a roda dos alimentos é muito pouco”, afirma. “Tem de haver novas abordagens na passagem da informação. As crianças são sensíveis às causas ambientais porque essa informação foi bem passada. [No caso da alimentação], é preciso envolver outros actores, como os chefs, mas é preciso que estes também tenham um verdadeiro conhecimento do que é a alimentação saudável. Isso é difícil sem envolver os nutricionistas.”

 

 

Ler artigo original

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:00

Noticias de Crohn - Copy.png

Resumo na língua original:

Publicada em Diário da República no dia 15 de novembro, a portaria n.º 351/2017 estabelece a comparticipação de vedolizumab a 100%. Esta medida surge na sequência do despacho n.º 9767/2014, publicado a 29 de julho, que determina que os medicamentos destinados ao tratamento de doentes com doença de Crohn ou colite ulcerosa devem ser comparticipados na totalidade.

 

(...)

 

 

Ler artigo original

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:00

Noticias de Crohn - Copy.png

Resumo na língua original:

Uma tecnologia experimental que vem sendo desenvolvida desde 2007 mostrou-se capaz de identificar a composição química da respiração de uma pessoa por meio de uma baforada e, com isso, rastrear 17 doenças. O feito foi divulgado por pesquisadores do Instituto Technion, de Israel.

 

O mecanismo de ação se dá pelo fato de a tecnologia chamada de ‘Na-Nose’ utilizar nano-raios para analisar a respiração. Assim, de acordo com os primeiros estudos, tornou-se capaz de identificar com 86% de precisão doenças como de Parkinson, vários tipos de câncer, insuficiência renal, esclerose múltipla e doença de Crohn (doença inflamatória do trato gastrointestinal).

(...)

 

 

Ler artigo original

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:00

Noticias de Crohn - Copy.png

Resumo na língua original:

Aos 30 anos, X. se aposentou por invalidez. Ainda cheio de planos, viu sua vida parar por conta de uma doença que lhe tirou a liberdade e a qualidade de vida. Foram cerca de oito meses de sangramentos e dores fortes até que chegaram ao diagnóstico: ele tinha doença de Crohn, uma doença inflamatória séria do trato gastrointestinal. Mas se a falta de informação leva boa parte dos pacientes a um longo calvário até a descoberta da causa dos episódios de diarreia, cólica, febre e sangramento retal, as poucas opções terapêuticas tornam o tratamento um desafio. Uma boa noticia é a chegada ao Brasil de um novo medicamento biológico, com um diferente mecanismo de ação, ampliando as armas hoje disponíveis para controlar a doença.

 

Aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), o ustequinumabe é indicado para pacientes que apresentam a doença de forma moderada a grave e que falharam ou foram intolerantes ao uso de corticoides, imunossupressores (reduzem a atividade do sistema de defesa do corpo) ou de outros medicamentos biológicos anti-TNFs (anti fator de necrose tumoral), que bloqueiam um dos estágios do processo que provoca a inflamação.

 

(...)

 

 

Ler artigo original

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:00

Noticias de Crohn - Copy.png

Na semana passada avisaram-me que se ia falar da doença de Crohn na CMTV. Na altura não dei muita importância mas decidi procurar o video e acabei por encontrar dois!! O primeiro é o mais recente, e o segundo já foi publicado há cerca de 2 anos. Há muitas coisas com que não concordo em ambos os videos mas sinto-me na obrigação de partilhar convosco .

 

Acho que o segundo video é mais informativo mas parece-me estar um pouco desactualizado relativamente aos tratamentos que ele refere estarem disponíveis para a doença de Crohn.

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:00

Noticias de Crohn - Copy.png

Resumo na língua original:

Etrolizumab, a dual-action, gut-selective anti-integrin antibody, led to endoscopic and symptom improvements in patients with moderate-to-severe Crohn’s disease in the phase 3 BERGAMOT trial, according to a poster presentation at AIBD 2017.

 

(...)

 

 

Ler artigo original

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:00

Noticias de Crohn - Copy.png

Resumo na língua original:

(...)

 

Animais de laboratório que comeram brócolis em sua dieta regular mostraram-se mais capazes de tolerar problemas digestivos semelhantes aos sintomas de problemas humanos como a colite e outros mais graves.

 

(...)

 

De acordo com Perdew, a chave para o processo parece ser um receptor no intestino chamado "receptor de hidrocarbonetos Aryl", ou AHR. O receptor ajuda o organismo a regular sua reação a certos contaminantes ambientais, além de desencadear outras respostas à exposição a toxinas.

 

A equipe sugere que os vegetais crucíferos - como brócolis, couve-de-bruxelas e repolho - contêm um composto químico orgânico chamado "indol glucosinolato", que se divide em outros compostos, incluindo indolocarbazol - ICZ - no estômago.

 

(...)

 

 

Ler artigo original

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:00

Noticias de Crohn - Copy.png

Resumo na língua original:

French biotech, Enterome, has developed an oral, microbiome therapy to combat Crohn’s disease. Many researchers are turning to the microbiome, as they believe the field could hold the key to human health. The candidate, EB8018 has demonstrated good tolerability at a range of doses and that it remains in the gut during a Phase I study. The company is now in the process of initiating a Phase Ib trial to investigate the drug’s safety, pharmacokinetics and efficacy that would support a Phase II study planned for next year.

 

 

(...)

 

 

Ler artigo original

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:00

Noticias de Crohn - Copy.png

Resumo na língua original:

Celgene Corporation is giving up on GED-0301 as a Crohn’s disease therapy, but will continue to evaluate its ability to treat ulcerative colitis.

 

It ended its Phase 3 REVOLVE clinical trial (NCT02596893) and its SUSTAIN extension trial (NCT02641392) of GED-0301 as a potential Crohn’s treatment after an independent trial monitoring board recommended the discontinuations. The board had reviewed the therapy’s benefits and risks, and the implication of its recommendation was that GED-0301 failed to generate enough benefits.

 

(...)

 

 

Ler artigo original

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:00


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.






subscrever feeds